Início de ano e…

Por Wagner Spadotto

06/01/2021

  • PERFORMANCE

Você pode estar sendo enganado por aquela sensação de que tudo será possível que vem junto com a virada do ano. Para quem pretende fazer o IM em Maio… saiba que ele já começou! Sem mais tempo a perder, preparamos algumas dicas para ajuda-lo a chegar na sua melhor forma:

◙ Nesta altura do campeonato, a sua programação já deve estar pronta. Então converse com seu coach para saber quais serão os momentos de maior carga e se organize. Lembre-se que carga não é apenas o tradicional 180km + run ou big days.

◙ Se organize com relação ao seu sono. Quantas horas você precisa/pode dormir? Que horas precisa estar na cama? Monte seu dia pensando nisso. Se preocupe também com a qualidade deste “recovery”, faça higiene do sono (ouça aqui um episódio do Café Com Tri sobre este tema) e tente tirar o máximo que puder destas horas.

◙ A constância, a rotina é muito mais importante que fazer PR’s semanais, com treinos de alta intensidade. Aliás, lembre-se que as alterações estruturais, morfológicas, hematológicas etc, não acontecem do dia para noite. Por que então o seu pace melhoraria diariamente? Pense nisso e treine de forma inteligente.

◙ Não negligencie o trabalho resistido (musculação). Ele pode ajudá-lo, e muito!, mesmo nas provas de endurance. Converse com seu técnico sobre a melhor forma de executar estes treinos, as melhores praticas e quais intensidades aplicar em quais períodos do ciclo.

◙ Já consultou seu médico do esporte e realizou seus exames? A saúde vai muito além da simples prática esportiva. Realize um check up com frequência e aproveite sempre para compartilhar os resultados de seus exames com seu coach.

◙ O IRONMAN® é um evento de ultra endurance e, sendo assim, a velocidade máxima torna-se menos importante do que a eficiência metabólica.  A relação entre os combustíveis utilizados e a economia de movimento torna-se um ótimo parâmetro para que se execute uma prova sólida e com resultado satisfatório.

◙ Assim como no caso do seu check up, não negligencie a nutrição e as questões dietéticas. Estas devem sempre ser acompanhadas por um ótimo profissional e este acompanhamento deve ser realizado desde já. Se você não possui um(a) nutricionista e/ou ainda não marcou sua primeira consulta do ano, já está atrasado.

◙ Um dos principais problemas dos triatletas é a natação em aguas abertas… Desta forma, procure incluir no seu planejamento nadar no lago e, se puder, no mar para estar apto a lidar com as condições mais fora de controle do que a simples piscina. Aproveite o tempo para testar e treinar com a sua roupa de borracha o máximo de vezes possível – afinal, a maioria dos atletas passa pelo menos 1h dentro do mar em Jurerê. Lembre de treinar retirar a roupa, a posição do relógio, do chip e esteja mais seguro no grande dia.

◙ Aproveite os treinos longos para testar: nutrição, setup, vestimenta etc. Procure realizar o maior número de treinos longos com o setup da bicicleta que irá largar (peso da bicicleta, local da alimentação, sensação do uniforme/meia etc..) – isto é fundamental para você se adaptar e ir realizando ajustes até chegar no formato ideal para você.

◙ Da mesma forma, procure nos treinos longos executar exatamente a mesma nutrição que você pretende utilizar no dia da prova. Inclusive a ordem dos alimentos!! E se irá consumir o gel de uma marca na prova, não faz sentido ingerir o de outra marca durante os treinos, certo? Quanto mais adaptado, menores serão as surpresas.

◙ E por falar em surpresas… pode ter certeza que você terá alguma durante a prova. Em um evento de longa duração como é um IRONMAN®, algumas coisas podem fugir do nosso controle. Esteja mentalmente preparado para qualquer situação (furar um pneu, perder um gel, sentir incômodo durante alguma das etapas e por aí vai…). Treinar o mental também é treino! E isto deve ser executado.

Por fim, tente executar o máximo de treinos possível. Não se perca ao longo do caminho e preze pela constância acima de tudo. Lembre-se sempre de enjoy the ride 😉